15 de julho de 2009

"Velho Menino"


... Você Não Sabe, Não Imagina
as Cicatrizes
Emocionais Que Carrego,
a Solidão Interna Que Grita
em Meus Silêncios,
as Dores de Algumas Marcas
Que a Vida Me Fez...
Você Apenas Vê Meu
Sorriso Franco,
a Beleza Estética e o Corpo
Que Carrega
Uma Alma Romântica
mas Ferida...
Talvez Em Algum Momento
do Seu Caminho Tenha Encontrado
Alguns dos Meus Espinhos,
Que Foram Lágrimas De Alguns
Dos Meus Dias.

Você Vê Um Homem Menino
Mas Se Observar No Reflexo
do Meu Viver,
Verás Um Velho Menino Que
Usou a Porta do Poema Para
Amenizar o Sofrer...

_ Maxuel Scorpiano _

2 comentários:

Estela disse...

"Velho Menino"... Um momento repleto de sentires, magnificamente transmitido na beleza deste teu poema... Gostei demais! Parabèns!

Aleatoriamente disse...

Um lindo poema.
Cheio de semtimentos,sensibilidade e pureza.
Transparência é dádiva de poucos e as cicatrizes que se carrega na alma é aprendizado.
Entendo bem seu poema, ele tocou fundo na minha poesia.
*
Entrei no seu cantinho e resolvi assinar, amei esse poema.
Abraço.